X

Banco de Objetos de Metrologia BOM

O Banco de Objetos de Metrologia (BOM) foi desenvolvido pela Sociedade Brasileira de Metrologia (SBM) a partir de financiamento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), por meio do Programa Sul-Americano de Apoio às Atividades de Cooperação em Ciência e Tecnologia – PROSUL.

O BOM contempla diferentes tipos de recursos educacionais e informacionais, produzidos de acordo com objetivos de aprendizagem específicos e que podem ser acessados publicamente ou utilizados por instituições de ensino em suas ofertas de capacitação, em particular em disciplinas correlatas à metrologia.

Um recurso educacional ou objeto de aprendizagem, para fins de organização e tratamento do acervo, é entendido como um documento digital que pode ser utilizado no contexto do ensino-aprendizagem.

Considerando essas características, o BOM foi desenvolvido para preservar e tornar pública a produção de conhecimento sobre metrologia e temas tangenciais ou transversais, como avaliação da conformidade, acreditação, propriedade industrial, propriedade intelectual, normalização e gestão da qualidade.

Em paralelo ao desenvolvimento do repositório digital também foi desenvolvido o vocabulário controlado sobre metrologia, avaliação da conformidade e normalização com o objetivo de padronizar o processo de indexação e busca de informações no BOM. Tematres

Também está disponível um Laboratório Virtual de Metrologia contendo objetos de aprendizagem para comporem o conjunto de experimentos.


Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/2050011876/1124
Acervo: Produção científica
Title: Desenvolvimento de um sistema de pesagem com transmissão dos resultados por rádio frequência
Other Titles: Development of a weighting system with radio frequency transmission of the results
Authors: Sampaio, Leandro Sanches
Tipo de Objeto: Dissertação
Pais: Brasil
Lingua: Português (Brasil)
Instituicao: Instituto Nacional de Metrologia Qualidade e Tecnologia (INMETRO)
Descricao Fisica: 107 f. : ilustrado
Issue Date: 2013
Other Identifiers: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=1030467
Termos de Uso: É permitida a reprodução deste texto e os dados nele contidos, desde que citada a fonte. Reprodução para fins comerciais são proibidas.
Area Tematica: Metrologia científica e aplicada
Metrologia física
Metrologia
metadata.dc.subject.decs: Metrologia
Metrologia científica e aplicada
Medição
Calibração
Incerteza de medição
Palavras-chave: Metrologia física
Sistema de pesagem
Weighting system
Balança eletrônica
Electronic balance
Compensação eletromagnética de força
Medição por micro deformação elástica
Radiofrequência
Radio frequency
Abstract: A medição de massa com a utilização de balanças é uma prática que data de aproximadamente 5000 a.C. e, desde esta data até os dias atuais várias transformações aconteceram nas metodologias e nos instrumentos de medição. Em tempos mais remotos não existia uma padronização das unidades de medida e era comum a utilização de partes do corpo humano servindo como padrão. Após a criação e a internacionalização do sistema métrico decimal e a adoção deste sistemas em muitos países a partir da assinatura da Convenção do Metro (Convention du Mètre), passou-se a ter um sistema de unidades de medida internacionalmente aceito e adotado. Na 11ª Conferência Geral de Pesos e Medidas (conformada por delegados dos países membros da Convenção do Metro), em 1960, foi adotado o nome Sistema Internacional de Unidades (SI - Système International d'Unités), para o sistema de unidades de medida recomendado. Da mesma forma, as balanças sofreram grandes transformações em seus modelos e métodos de medição, passando pelas mecânicas, com fiel e escala graduada, até as eletrônicas, utilizando um indicador de pesagem digital conectado a um receptor de carga, que pode ser um prato ou uma plataforma de pesagem, dotada de uma ou mais células de carga. No caso das balanças eletrônicas, a conexão das partes citadas anteriormente é feita por meio de um cabo que é composto de fios que são responsáveis por energizar a célula de carga e, durante a pesagem, transmitir o sinal gerado pela deformação dos extensômetros até o indicador, onde será apresentado o resultado da pesagem na unidade de medida utilizada pela balança. Para algumas aplicações especiais, algumas limitações são encontradas em balanças que utilizam célula de carga, como: a limitação física da distância entre o indicador e a plataforma de pesagem e possíveis interferências através do cabo ou nas conexões. No entanto, com a utilização da tecnologia de transmissão de dados por rádio frequência é possível contornar a limitação física da distância entre o indicador e a plataforma de pesagem e anular barreiras antes existentes, como paredes que dividem ambientes. Este trabalho tem como finalidade avaliar o desempenho de uma balança com indicador remoto sem fio, projetada e construída durante esta dissertação, por meio da sua calibração e testes de transmissão dos resultados até uma distância de 30 metros. Os resultados obtidos foram satisfatórios.
ABSTRACT - The measurement of mass by using balances is a practice that dates approximately to 5000 BC and, from these days to nowadays there were several transformations in the methodologies and the measurement instruments. In a remote age there was no standardization for the measurement unit and it was common practice to use body parts as standards. After the creation and internationalization of the metric system and, with the signature of the Meter Convention (Convention du Mètre), there was now a system of units that was both internationally accepted and adopted. In the 11th General Conference for Weights and Measures (constituted by delegated members of the countries in the Meter Convention) in 1960, the name International System of Units (SI - Système International d'Unités) has been adopted for the recommended system of units. In the same way, balances suffered many changes in their models and measurement methods, from the mechanics, with their pointer and graduated scale, to the electronics, with their digital weighting indicators connected to a load receptor (which can be a plate or a weighing platform containing one or more load cells). For the electronic balances, the connection of the aforementioned parts is done by cables, composed of wires which are responsible for energizing the load cell and, during the weighting, transmit the generated signal of the straining measured by strain gauges mounted on it, to the indicator, where the weighing result will be presented in the measurement unit used by the balance. For certain special applications, some limitations are found in load cell balances, such as: physical limitation between the distance of the indicator and the weighing platform and also possible interferences in the cable or its connections. Thus, by using wireless data transmitting technology it is possible to bypass such physical limits of the distance between indicator and weighting platform, nullifying certain barriers such as walls dividing environments. This work has the purpose of evaluating the performance of a balance with a wireless remote indicator, designed and built during this dissertation, by ways of its calibration and result for a transmission distance of up to 30 meters. The obtained results were satisfactory.
Appears in Collections:Metrologia científica e aplicada: Produção Científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_Sampaio.pdf3.16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.